António Magalhães

António Magalhães

António Magalhães

Criação de Landing Pages

October 6, 2015, by antonio, category Artigos

A criação e a hierarquia da informação que deve existir nas Landing pages é muito importante, pois vai levar a que o utilizador se converta. Seja na compra de um livro de uma casa (vontade de ver) na compra de um carro ou até no download de um PDF.

A técnica não é tão simples , e deve ser observada por um designer que saiba onde deve ser  incluída e hierarquizada a informação, e por um marketeer para que a informação seja convincente e leve á conversão do utilizador em comprador!

Abaixo descrevo alguns dos paços que devemos analisar quando produzimos uma Landing Page.

1 – Criação de Conta no Google Analytics, Webmaster Tools e Adwords

testedeimagem

GOOGLE ANALYTICS – Criação de conta que vai medir as entradas, conversões dos vários meios/tácticas na nossa Landing Page.

GOOGLE WEBMASTER TOOLS – Criação de página onde vamos ter os dados do site,  sitemap, mapas de usabilidade, estatísticas de rastreio etc…

GOOGLE ADWORDS – Criação de conta de vai medir o impacto das nossas campanhas no Google e a sua eficácia, (a capacidade de cada anúncio gerar clique).

2 – Meta descriptions e URL´s

metadescriçao

Claro que as nossas campanhas (Google Analytics / AdWords) devem ser relevantes e apresentar conteúdos para que as keywords sejam relevantes para o nosso produto.

(Técnicas de SEO a aplicar)

Keyword no nome do domínio, se estivermos interessados que o nome do domínio o seja descritivo, devemos escolher uma das palavras que, melhor o descreva

Title Tag, Heading e Body – Utilizar Keyword’s no “Titte Tag” no “Heading” e no “Meta Description”. Não usar demasiadas Keywords no Body, não teremos que o nosso site seja um local de SPAM…

Optimizar Images – Acrescentar “ALT Tags” nas imagens e optimizar as imagens para cortar o Server Load (peso no servidor)

Interlinking – Interlinkar os posts relacionados, ligar todos os links com uma keyword, se o nosso site estiver ligado a outro website, ter a certeza que esta ligado a um site “BOM”, Não ligar o nosso website a sites de SPAM…

3 – Métodos de Contacto

Os números de telefone devem se encontrar no canto direito. Os formulários devem se apresentar sempre prontos a receber informação que pode ser transmitida aos angariadores.

4 – Títulos que levam à ação

Um bom título vai preparar o receptor quase instantaneamente e vai ajudá-lo a decidir se esta é a página que será a mais indicada para ele, (ou não). Tal com um artigo de revista os títulos são um importante meio de comunicação para a decisão na conversão do receptor.

5 – Escassez (Escassez de Produto ou Serviço)

A escassez de um produto ou serviço será uma das formas de criar expectativa na Landing page.
A forma de criarmos um produto ou  serviço raro por forma a que todos o desejam, usando palavras como “Por Tempo Limitado”, ou, “Apenas Para ZZ Pessoas”, “Para Este Mês”, “Apenas”, ou ainda, “Apenas Hoje”, Torna os produtos mais raros e desejáveis.

6 – Hero Shot

Imagem na parte de cima da Landing Page (above the fold).
Esta imagem “Hero Shot” desde ser única e revelar todas as características e comunicar ao receptor do que trata a página. Desta forma não pode haver qualquer dúvida do que estamos a querer vender ou oferecer.

7 – Bullet Points

Os textos devem ser pequenos e fáceis de ler, Bullet Points são fáceis de ler e a informação deve estar absorvida neles.

8 – Calls to action

Dizer aos utilizadores o que eles devem fazer, reduz a sua frustração e confusão.
As instruções destas páginas devem ser fáceis e ler e devem ter “Calls to action” sempre que seja necessário.

9 – Criar Confiança no utilizador

Normalmente os utilizadores não comprariam a uma companhia em que não confiam.
Os testemunhos os case studies e os logos das companhias, vão criar confiança nos utilizadores, e vão fazer com que os utilizadores confiem na marca.

10 – Os benefícios do produto ou serviço

A inclusão de benefícios do produto ou serviço são muito importantes.
Descrevem ao utilizador por forma a enfatizar os benefícios mostrando como podem ser favoráveis, e como podem melhorar a vida dos utilizadores.

11 – Footers

No footer de uma Landing page devem haver um “endereço físico”, mostrando que existe um negócio estabelecido. Aqui podem existir links para outras páginas (corporativas) onde os utilizadores deve tirar mais informação mas sempre com um link de volta à Landing Page.

Conclusão, testes A/B

Para a Criação de qualquer Landing Page devemos ter  sempre um designer e um maketeer.

A criação de uma landing page apenas por um designer, vai dar mau resultado podendo-se tornar num exemplo demasiado asceta de criação, o que posteriormente não vai resultar em vendas.

Por um marketeer poderá querer chegar demasiado cedo á conversão, indicando a vontade de conversão em venda.

Apenas ambivalência destas duas disciplinas vais valer com que seja uma landing page simples e que converta bem, e os testes A/B são muito importantes aqui.

Estes testes vão dar lugar a melhoramentos nas landing page. Após colocarmos online a referida landing page, vamos ver se converte da melhor maneira e se o seu design está apelativo ao maior úmero de utilizadores.

Os melhoramentos são sempre a melhor forma de perceber qual dos testes A/B converte da melhor maneira os espectro de compradores existentes.

So, what do you think ?

  • Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.